Categorias
Investimentos

Vale a pena fazer um consórcio?

Entenda como funciona e se vale a pena fazer um consórcio de automóvel ou imóvel

Muitas pessoas vão atrás de consórcio sem saber ao certo se realmente é o melhor dos negócios. Primeiramente, o consórcio não pode ser classificado como investimento, ele é basicamente como uma poupança forçada, uma forma de juntar patrimônio para um objetivo específico.

O consórcio portanto, é uma associação de dois ou mais indivíduos, empresas, organizações ou governos, com o objetivo de participar numa atividade comum ou de partilha de recursos para atingir um objetivo comum.

Prós e Contras do Consórcio

Uma cota de consórcio é basicamente o valor do próprio bem mais uma taxa de administração, o equivalente a 18%. Esses valores são cobrados de forma diluída em parcelas mensais, com duração de 12 a 180 meses.

Por exemplo: Se fosse adquirir um consórcio para comprar um carro no valor de R$ 50 mil, a taxa de administração seria de R$ 9.000 (18% de R$ 50 mil). Fazendo em um prazo de 60 meses, as parcelas mensais seriam de R$ 983,33, sendo R$ 833,33 referentes à parcela do carro e R$ 150 correspondentes à taxa de administração.

Existem diferenças entre consórcio e financiamento
Existem diferenças entre consórcio e financiamento

O mesmo valor de 50 mil sendo feito por financiamento em um banco, com taxa de 1% ao mês, uma das taxas mais baixas praticadas, a mensalidade sairia por cerca de R$ 1.112,22.

O consórcio portanto pode ser uma alternativa mais barata. O problema é que pode demorar para conseguir o bem.

No consórcio há três possibilidades de pegar a carta de crédito, a primeira é por sorteio mensal, ou então por lance mais alto, se não só pega no final do grupo, ou seja, tem que esperar o pagamento de todas as prestações.

Consórcio é uma associação de dois ou mais indivíduos, empresas, organizações ou governos (ou qualquer combinação destas entidades), com o objetivo de participar numa atividade comum ou de partilha de recursos para atingir um objetivo comum. Consórcio é uma palavra latina significando "parceria", associação ou sociedade, e deriva de Consors, "parceiro", formada por con-"junto" e sores "destino", significando proprietário de meios ou companheiro.
Consórcio é uma associação de dois ou mais indivíduos, empresas, organizações ou governos (ou qualquer combinação destas entidades), com o objetivo de participar numa atividade comum ou de partilha de recursos para atingir um objetivo comum. Consórcio é uma palavra latina significando “parceria”, associação ou sociedade, e deriva de Consors, “parceiro”, formada por con-“junto” e sores “destino”, significando proprietário de meios ou companheiro.

Acontece que, no consórcio também é feito uma aprovação de crédito, é preciso ter nome limpo para poder adquirir a carta de crédito. Se o cotista tiver o perfil de crédito recusado após ser contemplado, pode ser obrigado a esperar até o fim do grupo para colocar a mão no bem.

Portanto, o consórcio só vale a pena, se a pessoa não tem dinheiro para adquirir o bem à vista, se não tem urgência para a posse desse bem, ou então não tem perfil para conseguir financiamento.

São basicamente 4 taxas que compõe as parcelas do consórcio: taxa de administração, fundo comum, fundo de reserva e seguro. Elas são aplicadas sempre sobre o valor total do bem ou do serviço que se espera adquirir quando for contemplado.
São basicamente 4 taxas que compõe as parcelas do consórcio: taxa de administração, fundo comum, fundo de reserva e seguro. Elas são aplicadas sempre sobre o valor total do bem ou do serviço que se espera adquirir quando for contemplado.

Por mais que o valor do financiamento seja um pouco maior, a vantagem é que você consegue o bem mais rápido. Entre todos os prós e contras, o melhor a se fazer é investir seu dinheiro todos os meses em uma aplicação, deixar render e comprar o bem à vista.