Categorias
Notícias

Serasa Limpa Nome: Veja como funciona

Irregularidades no nome físico ou empresarial, veja o benefício que o Serasa Limpa Nome disponibiliza.

Atualmente milhares de brasileiros anda negociando as suas dívidas com alguns descontos concedidos, e você pode fazer isso facilmente. Você pode aproveitar muitos benefícios como negociar contas atrasadas e aproveitar ofertas exclusivas com até 90% de desconto.

Hoje em dia com um computador conectado à internet ficou muito mais fácil negociar as suas dívidas, pois em alguns passos você já prepara todo o seu acordo e além disso consegue de forma pratica acessar os seus históricos de pagamentos juntamente com as 2º vias de boletos.

O Serasa limpa nome 2020, tem como objetivo ajudar as pessoas com pequenas dívidas a conseguir deixar o nome em uma situação regular, ou seja, sem estar negativado. Portanto pessoas que possuem dívidas de R$ 200 até R$ 1000 reais, podem quitá-las por um valor unificado de R$ 100 reais.

Como consultar a situação do meu CPF?

No Serasa online você consegue acessar a situação do seu CPF em apenas alguns passos bem simples. Portanto acesse o site www.serasa.com.br e assim que a tela inicial aparecer, coloque o seu CPF no campo em branco e vá até “Consultar Agora”.

Caso seja seu primeiro acesso, eles irão pedir um pequeno cadastro com suas informações pessoais, tais como nome, CPF, data de nascimento, e-mail e senha para entrar no seu login. Após isso, você terá que escolher um de dois tipos de verificação, seja por SMS ou por e-mail.

Depois de receber o código de confirmação sendo por e-mail ou SMS, confirme o mesmo e pronto! Logo em seguida aparecerá uma tela com todas as informações necessárias. Caso esteja com alguma pendência e você não saiba, pode utilizar essas informações para resolver a sua situação.

É importante tomar cuidado e precauções para sempre ter crédito (Foto: reprodução)
É importante tomar cuidado e precauções para sempre ter crédito (Foto: reprodução)

Vantagens do Serasa Limpa Nome

Como ditamos acima, pessoas com dívidas entre R$ 200 e R$ 1000 reais, podem quitar as suas dívidas com uma parcela única de apenas R$ 100 reais, e isso foi uma ideia de beneficiar mais de 1,5 milhões de consumidores, englobando também uma parte da população que apresenta certas dificuldades para receber o auxílio.

O que aconteceu com milhares de trabalhadores durante essa pandemia foi a perca de emprego ou a redução brusca do salário, no que ocasionou em dívidas que nem tinham previsões para começar, como a falta de dinheiro para pagamentos de conta de luz, água e outros serviços essenciais.

É uma vantagem muito boa, pois diversos trabalhadores que precisaram passar por esse tipo de situação, podem mais facilmente tentar se reinventar, sem ter que ficar pagando inúmeras dívidas que acabam ficando sem fim.

Como eu participo do Serasa Limpa Nomes?

É super simples, você pode baixar o aplicativo para iOS ou Android, pela web através do site www.serasa.com.br, e por Whatsapp com o número (11) 98870-7025
Na tela inicial você verá as principais informações, como a listagem de benefícios, que é a consulta do seu histórico de pagamento, suas negociações e grandes ofertas com descontos que podem ser dados em até 90%. Tudo isso na palma da sua mão.

Você deverá colocar o seu CPF no campo em branco, escolher as dívidas e fazer acordos que melhores se encaixam com a sua situação habitual, e logo em seguida um número de boleto será lançado, onde você poderá efetuar o pagamento pelo app do seu banco de forma prática e rápida.
Empresa JHFS com presentes irregularidades

A JHFS é uma empresa Brasileira cujo tem sua atuação englobada em shoppings centers, como toda a sua estrutura imobiliária, incorporação de hotelaria e gastronomia, além de atuar na parte construtiva e administrativa dos mesmos.
Recentemente uma notícia saiu nas redes de que a empresa realizou alguns pagamentos a controlador, que acabou levando os mesmo como irregularidades. Sua auditoria EY afirma que os alertou desde o ano de 2018 sobre tais operações.

Essa operações foram dadas como complexas ou até mesmo não usuais, e acabaram refletindo no posto de uma irregularidade por acabar intervindo de forma negativa com o seu estatuto social. Sabe-se que uma delas pode ter gerado um grande prejuízo, aproximadamente de R$ 13 milhões.

Esclarecimento sobre as irregularidades

Consta no formulário de referência alguns esclarecimentos sobre como aconteceu tal situação, essa nota foi protocolada pela própria companhia JHFS na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A EY diz sobre as irregularidades que foram formadas através de transações ao controlador, sem o consentimento do conselho administrativo ou até mesmo da diretoria, onde necessitavam de uma análise obrigatória, porém não passaram pela mesma, só não obtivemos muitos detalhes sobre as transferências.

A EY afirma que foram a companhia teve o consentimento sobre tais questões e que as mesmas foram apresentadas sobre disposições de relatórios no ano de 2018, onde os gestores se firmaram e disseram que o problema iria ser resolvido. Porém, tal situação se repetiu no ano seguinte mostrando uma grande variação dos gastos, trazendo em si uma norma a ser regularizada pelos responsáveis.

Ou seja, a companhia foi avisada sobre os devidos problemas que poderiam ser gerados, mas além de tudo, os mesmos se repetiram em 2019, trazendo grandes consequências aos gestores causadores por essas deficiências que são significativas.

Operações em regras do estatuto social

Segundo o estatuto social da companhia, é permitido transações entre sócios controladores que ultrapassa o limite de R$ 5 milhões, precisa de uma autorização e consentimento do próprio conselho. Porém se ficar abaixo desse valor, é preciso de dois diretores estatuários de forma obrigatória. Portanto quaisquer procedimentos de grande porte, necessitam de uma análise para então uma aprovação.

Foram esclarecidos que três dessas operações aos controladores (aproximadamente R$ 30 mil) tiveram suas aprovações sem o determinado consentimento do conselho, e outras duas operações (cerca de R$ 3,8 milhões) não tiveram a presença dos diretores. Portanto fugiram de todo o consenso padrão do estatuto social.

Trata-se de uma determinada expansão com saldos em aberto, pois além das transações de maiores valores, outras menores também fugiram no consenso determinado pelo conselho, na área das operações.

Cuide dos detalhes para nunca ficar na mão quando precisar do banco (Foto: reprodução)
Cuide dos detalhes para nunca ficar na mão quando precisar do banco (Foto: reprodução)

O prejuízo de R$ 13 milhões

Uma dessas transações de grande porte, gerou um prejuízo equivalente a R$ 13 milhões acumulados para a empresa JHFS. O que explica esse acontecimento é que a companhia JHFS Administradora do Catarina Aeroporto Executivo, que tem uma controladora diretamente ligada com a SPCTA Táxi Aéreo Ltda, deixou integralmente um montante de quase R$ 40,6 milhões sem o aval do estatuto. Foi dito que o valor tinha uma certa contabilidade na área de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital, gerando um aumento na participação da JHFS com consequência o prejuízo.

Portanto todo o dinheiro que precisava ser contabilizado, foi prorrogado o máximo para determinada área de aumento de capital, porém isso foi gerando consequências, e principalmente por não ter o consentimento desse montante feito.

Com todos os trâmites realizados, a auditoria informa a empresa que se restabeleça de acordo com as normas do estatuto, e que além disso, traga soluções concretas para corrigir essa deficiência significativa.

A empresa

A companhia relatou seu depoimento no mesmo documento, informando sobre as principais situações, e diz que adequou de forma clara seus controles internos, a fim de evitar nossas intercorrências por essa natureza. Disseram também que em Abril de 2019, teve a implementação de uma nova política juntamente com outras diretrizes de governança, onde tinha como objetivo serem aplicadas nas operações dos pagamentos.

Foram relatados falhas internas nos últimos anos, portanto a empresa reforça a ideia de mudança na responsabilidade da operação de pagamento, visando todo o processo estar atrelado de forma correta com o estatuto.

Também informaram sobre a disposição de trabalho dos gestores, onde seria um setor necessário a uma mudança e uma readequação com as normas do conselho.