lllll
Categorias
Bolsa de Valores

Qual a coisa mais importante ao comprar ações na Bolsa? Peter Lynch tem uma dica

Tome coragem e parta para o mundo das ações… ou não.

Para muitas pessoas, investir dinheiro está deixando de ser apenas guardar dinheiro na poupança. Investimentos como tesouro direto, renda fixa e fundos imobiliários começaram a ganhar destaque principalmente no Brasil.

Mas quando falamos de ações, as pessoas ainda ficam com o pé atrás. A chance de perder o dinheiro tão facilmente quanto se ganha o mesmo ainda assombra os brasileiros, afastando os mesmos deste tipo de investimento. Mas afinal, existe uma “fórmula secreta” para investir em ações? De acordo com Peter Lynch, sim!

Quem é Peter Lynch?

Antes de tudo, é preciso saber quem é Peter Lynch. Hoje com 76 anos de idade, o norte-americano ficou muito conhecido por ter sido o gestor do grupo de investimentos Fidelity Magellan Fund.

Peter Lynch em 1994 - Foto: Cuentapabro / Wikimedia
Peter Lynch em 1994 – Foto: Cuentapabro / Wikimedia

Entrando na empresa como estagiário em 1966, ele permaneceu por lá até se tornar diretor geral da empresa logo aos seus 33 anos em 1977, ficando no cargo até 1990, ano de sua aposentadoria.

A Fidelity Magellan Fund hoje tem o status de maior fundo de investimentos do mundo por conta de todo o trabalho feito por Lynch nestes anos, fazendo com que Peter fosse comparado a gênios do mercado financeiro como Warren Buffet.

Sua principal dica

Peter Lynch afirmou que o que falta para as pessoas que querem entrar neste mercado é justamente procurar saber sobre a empresa que estão investindo, não colocarem o dinheiro de forma alguma em algo que não conheçam.

Ele ainda usa como exemplo quando vamos comprar qualquer coisa, seja um produto, carro ou apartamento. Nessas ocasiões sempre procuramos ao máximo saber sobre o que estamos adquirindo, ao contrário do mercado de ações, onde as pessoas geralmente só compram a ação e esperam que ela de dinheiro, como se fosse um bilhete premiado.

Exemplos

Lynch ainda diz que por traz de cada papel, sempre existe uma empresa por trás, e que a mesma é a chave para a valorização daquela ação. Por exemplo, a Coca Cola tem um lucro 30 vezes maior do que quando comparado a 32 anos atrás, fazendo com que a ação subisse, enquanto a Bethlehem Steel perdeu 30 vezes o seu lucro, fazendo a empresa ficar com ações mais baratas.

Então caso você tome coragem e parta para o mundo das ações, procure investir em empresas cujo você conheça o funcionamento, não necessariamente em grandes corporações, mas naquelas cujo você saiba que tem uma boa administração e perspectiva de futuro.

Tome coragem e parta para o mundo das ações... ou não.
Tome coragem e parta para o mundo das ações… ou não.

*Com informações da Sunoresearch.