Categorias
Notícias

Planejando sua vida financeira em 4 passos

Confira algumas dicas para te ajudar a planejar a sua vida financeira com a saúde que você precisa para ter tranquilidade.

Você tem dificuldade de planejar a sua vida financeira? Iremos te trazer algumas dicas de como se organizar em relação as suas finanças, principalmente nessa época de pandemia que estamos passando. Uma boa organização é essencial nesses momentos.

Existem várias coisas que você pode escolher fazer para e planejar, talvez você seja uma pessoa que não aguenta uma promoção? Ou aquela mais conservadora? O importante, é reconhecer os seus gastos para assim poder controla-los.

Além disso, existem vários aplicativos que te ajudam a saber qual categoria você gasta mais, mercado, essenciais, saúde, lazer, entre outros. Vem comigo para aprender um pouquinho mais sobre essas dicas.

1º Dica: Estabeleça um objetivo

Uma coisa muito importante pra você conseguir manter uma disciplina na sua vida financeira, é estabelecer objetivos. Os mesmos podem ser de curto, médio ou longo prazo, basta você saber o que você quer atingir e formulá-los nesse padrão.

Quando você tem um propósito para economizar, ou juntar até uma certa quantia, a sua força de vontade e determinação ficam sempre ligadas, pois por mais que você queira gastar aquele dinheiro, você pensa no que tanto almeja e consegue se controlar.

2º Dica: Faça um orçamento dos seus gastos

Primeiro de tudo, pense no seu salário, agora faça a seguinte pergunta: “Quanto eu recebo no mês, e o quanto de gasto fixo eu tenho?” Quando você faz essa analogia, você começa a perceber pra onde aquele valor foi e se ele foi gastos nos serviços essenciais.

Você determina o que é essencial pra você, portanto, aquilo que você não vive sem, como uma conta de água, luz, compras no mercado, um plano de saúde ou alguma outra coisa do tipo. Anote tudo o que você gasta, seja em um caderno, aplicativo ou qualquer oura coisa que você tenha fácil acesso.

No momento que você reconhece o quanto do seu salário vai para cada categoria dos seus gastos, você já dá um grande passo no planejamento e assim consegue se policiar ainda mais conforme o tempo for passando, e os seus objetivos estarem cada vez mais definidos.

3º Dica: Baixe aplicativos de planejamento financeiro

Existem muitos aplicativos que te ajudam a organizar mais as suas finanças, na maioria você administra os seus gastos em categorias, como saúde, lazer, essenciais, pagamentos fixos, entre outros. Com todos os seus dados e informações prestadas, eles fazem uma análise e colocam de forma bem ilustrativas com cores, formas e gráficos diferentes.

Assim, você sempre vê o que gasta mais ou menos e em quais categorias você precisa economizar. Então se você está sempre no celular, essa é uma boa opção para te ajudar a anotar sobre tudo da sua vida financeira. Vamos citar alguns desses apps pra você.

  • Guiabolso – Finanças Pessoais. Obtenha para Android ou iOS;
  • Organizze Gastos. Obtenha para Android ou iOS;
  • Minhas Economias. Obtenha para Android ou iOS;
  • Mobills – Controle de Gastos. Obtenha para Android ou iOS;
  • Gestor de despesas. Obtenha para Android ou iOS;

3º Dica: Faça uma reserva de emergência

A reserva de emergência, como o próprio nome diz é para situações inusitadas, ou seja, quando precisa pagar alguma conta inesperada, algum quesito relacionado a saúde como uma consulta, cirurgia ou outro procedimento, ou pra quando algumas coisas derem errado.

Normalmente a reserva de emergência é calculada por um período de 6 meses, então você pega todos os gastos do mês e multiplica por 6. Vamos aos exemplos: Supondo que você gaste R$ 3 mil por mês, então 3×6= 18. Sua reserva deverá ser de R$ 18 mil.

Lembre-se, o dinheiro da reserva é destinado APENAS para isso, então coloque o dinheiro lá e “esqueça” que ele existe, senão você pode acabar gastando essa quantia, e quando precisar da mesma não terá mais.

4º Dica: Faça parcelas para você mesmo

Existem muitos investimentos que trazem uma boa rentabilidade e te ajudam a organizar mais a sua vida financeira. Uma coisa muito importante é a disciplina. Então procure por aplicações onde todo mês você tenha que depositar um quantia (mesmo que ela seja mínima), assim você começa a manter mais o foco e não paga boletos para os outros, mas para você.

Quando você coloca o dinheiro em um investimento assim (por exemplo de renda fixa, na maioria das modalidades), você se mantém no caminho e começa a mudar a sua mentalidade, onde todo mês você se vê naquele compromisso.

Você pode fazer algumas simulações do quanto o seu dinheiro vai render, qual vencimento você vai escolher e por quanto tempo vai deixar uma quantia lá.

Portanto, simule, compare e coloque tudo isso em prática.