lllll
Categorias
Investimentos

Entenda mais sobre Bancos Digitais

Um banco digital é uma instituição que não oferece atendimento presencial, mas tem muito valor pelo celular

Os bancos digitais são as maiores revoluções do sistema financeiro do país nos últimos 20 anos. Eles estão crescendo e ganhando cada vez mais clientes no Brasil.

Um banco digital é uma instituição que não oferece atendimento presencial. Também são chamados de bancos virtuais ou bancos 100% online. Da abertura da conta bancária ao esclarecimento de dúvidas, todas as necessidades dos clientes podem ser resolvidas pelo computador ou aplicativos. Sem fila, sem burocracia e sem precisar sair de casa.

Vantagens, desvantagens e diferença

Enquanto em um banco varejista há pagamento de taxa para ter uma conta lá, em um banco digital não é cobrado absolutamente nada por mês. O que muda é que um banco varejista conta com o FGC (Fundo Garantidor de Crédito), enquanto o banco digital não. Isso significa que, se a instituição financeira falir você não recebe nada, nem consegue pegar o seu próprio dinheiro que estava lá. Já com o FGC é possível recuperar até 250 mil por CPF.

Os bancos digitais são na verdade “conta de pagamento”, o BACEN (Banco Central do Brasil) que rege todos o sistema bancário, possibilitou o surgimento de conta de pagamento para bancarizar ainda mais a população.

Milhares de brasileiros ainda não têm conta em banco, nem mesmo poupança. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) esse grupo de pessoas é de aproximadamente 55 milhões de pessoas.O papel dos serviços financeiros que estão sendo desenvolvidos pelos bancos digitais é fundamental para reverter esse cenário.

Com uma proposta mais prática e acessível, esses negócios podem promover a inclusão bancária, viabilizando a utilização simplificada do dinheiro, o controle dos rendimentos, a poupança e até fazer investimentos.

Os bancos digitais estão se fortalecendo e evoluindo, porém ainda não estão a ponto de tomarem o lugar dos grandes bancos. Pois, ao mesmo tempo os banco tradicional também estão crescendo e passaram a oferecer algumas alternativas no ambiente virtual.

Os bancos múltiplos tem a capacidades de liberarem um valor alto de empréstimo para construtora por exemplo, enquanto os bancos digitais não tem tanta capital assim. Além disso, eles também têm mais credibilidade, isso por possuírem agência física.

Mas a substituição da agência bancária física pelos bancos digitais está se tornando uma tendência global. Um estudo do banco americano Goldman Sachs feito em 2015 mostrou que um terço dos jovens entre 18 e 34 anos acredita que não vai precisar de um banco nos próximos cinco anos.

Em alguns bancos digitais é possível cadastrar débito automático e pagar guias de impostos, como IPVA, IPTU e DARF. Outros, porém, ainda não oferecem esses serviços. Como vantagem os bancos digitais possuem parcerias e serviços adicionais, que oferecem dinheiro de volta na compra de produtos em lojas parceiras, o famoso cashback.

A maior vantagem dos bancos digitais é a economia de tempo e de dinheiro, afinal muitos serviços já são gratuitos. Assim, você economiza na hora de usar os serviços e pode até investir seu dinheiro por meio dessas plataformas.

Por fim, os bancos digitais são novas propostas – algumas ainda em consolidação – que estão em busca de resolver problemas como tarifas elevadas, falta de transparência, conflito de interesses, entre outros.