Categorias
Bolsa de Valores

Bolsa de Valores: Renda Fixa, vale mesmo a pena?

Investir na Bolsa de Valores é sinônimo de assumir riscos e há chance de perda total, parcial ou até ficar devendo dinheiro. Em contra partida, se souber onde e como aplicar, tiver um analista ou corretora para ajudar, é provável que torne-se um investimento bem lucrativo.

Hoje vamos abordar um tema que muitas pessoas tem dificuldade em compreender e até mesmo não sabem comparar o quanto vale a pena investir em tal operação. Normalmente, existem diversos tipos de operações financeiras a serem feitas, como o CDI, LCI, LCA, LC, tesouro direto, entre outras formas. Você sabe quanto é o risco de cada uma ou quais delas podem render mais para o seu dinheiro? Vamos entender um pouco mais sobre elas.

De início precisamos saber como utilizar e aplicar o dinheiro em uma dessas modalidades, principalmente a renda fixa. Às vezes você é um pequeno investidor que não quer muito depender somente da Bolsa mas com o capital que você tem, quer investir e fazer com que o dinheiro renda mais do que o esperado, renda fixa é uma boa? Talvez.

Normalmente, os riscos são menores na renda fixa e seu rendimento acaba sendo maior do que a poupança por exemplo. No entanto, esse percentual de ganhos pode ser menos do que outros investimentos mais simples, até mesmo incluídos na bolsa de valores. A questão é, você sabe o que é renda fixa? Vamos aprender um pouco sobre ela e iremos abordar maneiras que sejam melhores para investimento, pois a renda fixa depende de outros fatores para valer a pena, no entanto, atualmente ela não está valendo mais a pena.

O que é Renda Fixa?

Você já guardou dinheiro na poupança do seu banco alguma vez? Então, renda fixa é como se fosse uma poupança, a diferença é que, você consegue prever o quanto de rendimento o seu dinheiro vai dar, antes mesmo de aplica-lo. Portanto você coloca um valor x no simulador e observa o quanto de rendimento ele vai te dar em um determinado período (2, 5, 10 anos e assim por diante).

Outras diferença importantes que a renda fixa apresenta da bolsa ou outra variabilidade de operação financeira é que, na renda fixa você não tem “prejuízo” ou seja, você não vai perder dinheiro ao cair uma ação por exemplo. Se você tem vontade de investir em renda fixa, ela é bem simples de se fazer, além de tudo, você conta com o mesmo seguro da poupança, que é o Fundo Garantidor de Crédito – FGC.

Agora que entendi o que é renda fixa, ela traz alguma garantia de que você vai receber aquele dinheiro? Podemos concordar em partes, pois algumas não tinham o mesmo seguro da poupança. CcoEla até traz a garantia do dinheiro que foi calculado como renda, porém, isso depende muito das condições de taxa do Selic, pois se ele estiver baixo, consequentemente a sua rentabilidade da renda fixa também será baixa.

O que é o Selic?

O Selic – Sistema Especial de Liquidação e Custódia, é uma taxa básica de juros para os financiamentos diários da economia do Brasil, ou seja, ela funciona como um indicador financeiro que e usado como uma base para as operações financeiras no mercado que possuem títulos públicos, atuando também nos investimentos que promovem mais segurança no mercado.

É importante tomar cuidado e precauções, pois é possível ficar devendo durante operações na Bolsa (foto: reprodução)
É importante tomar cuidado e precauções, pois é possível ficar devendo durante operações na Bolsa (foto: reprodução)

Podemos observar que ela funciona também como um controle na emissão e compras e vendas dos títulos públicos, sendo utilizada pelo governo ela trabalha a cargo do Banco Central do Brasil, que a cada 45 dias, o Comitê de Política Monetária (Copom) tem a função de definir e ajustar uma meta para a taxa que deve ser usada no mercado, e isso se chama Selic Meta. Com isso, é fácil manter o controle de todas as negociações de títulos ficarem em cima da mesma taxa.

O funcionamento da Taxa de Selic é dado através da necessidade do governo em construir títulos públicos, então para a construção de hospitais, escolas e outros estabelecimentos, é necessário que ele tenha impostos em mãos ou o Tesouro Nacional. Portanto esse tesouro nacional, funciona como uma base de sustento de investimento para o governo conseguir construir esses locais.

Trabalhar com a Bolsa de Valores pode ser uma escolha vantajosa, mas é preciso ter preparo e experiência paradar certo (Foto: reprodução)
Trabalhar com a Bolsa de Valores pode ser uma escolha vantajosa, mas é preciso ter preparo e experiência paradar certo (Foto: reprodução)

Selic X Renda Fixa

A Selic impacta de forma significativa todos os rendimentos de renda fixa e CDI (Certificado de Depósito Interbancário, taxa de operações entre bancos). Isso quer dizer que quanto mais alto for o Selic e CDI, mais alto meus rendimentos? Basicamente podemos dizer que sim e para entendermos melhor vamos aos exemplos.

Suponhamos que você tenha colocado seu dinheiro e visto que a rentabilidade dele seria 100% em um CDI investido em um local de CDB (produto emitido pelos bancos para captar recursos) por exemplo, caso a taxa da Selic caia, o seu dinheiro continuará com a mesma porcentagem de rendimento, o que muda é que o valor será recalculado em cima da taxa de juros do Selic.

A principal diferença é essa, na Bolsa de Valores você assume um risco e tem chances de perder o dinheiro, mas se você souber onde aplicar e tiver algum analista ou corretora que saiba o que está fazendo, é fácil de se ganhar dinheiro também. Já a renda fixa você não corre tanto risco, mas ela é totalmente dependente da taxa de juros do Selic, por isso, hoje em dia não vale a pena investir em renda fixa, pois a taxa de juros do Selic está muito baixa, deixando de trazer uma rentabilidade para o seu dinheiro.

A B3 é uma fonte segura para quem quer fazer seu dinheiro render, faça seus planos e estude bastante para evitar erros, obtendo sucesso em suas operações financeiras (Foto: reprodução)
A B3 é uma fonte segura para quem quer fazer seu dinheiro render, faça seus planos e estude bastante para evitar erros, obtendo sucesso em suas operações financeiras (Foto: reprodução)

Pontos positivos da renda fixa.

Gestão de financiamento qualificada: Quando você escolhe investir em renda fixa, você obtém uma gestão financeira bem qualificada, como analistas, gráficos e conhecimento dos investimentos de forma profunda.

Menos riscos: O volume financeiro do fundo acaba sendo alto, pois essa aplicação é incluída em investimentos e títulos, trazendo menos riscos de ter prejuízo, nos quais apresentam as instituições financeiras variáveis.

Resgate o valor a qualquer momento: Pelo caminho dos fundos de investimento você consegue resgatar o valor que aplicou a qualquer momento, porém, tome cuidado ao solicitar o valor 30 dias antes do vencimento, pois pode sofrer variações no IOF.

É importante contar com um bom profissional ao fazder suas operações na B3, afinal a experiência conta muito, melhor pagar por uma taxa do que perder todo seu dinheiro (Foto: reprodução)
É importante contar com um bom profissional ao fazder suas operações na B3, afinal a experiência conta muito, melhor pagar por uma taxa do que perder todo seu dinheiro (Foto: reprodução)

Pontos negativos da renda fixa.

Taxa de administração: Infelizmente nem tudo é o que parece, normalmente essa taxa de administração é cobrada para a remuneração dos profissionais do fundo de investimento, elas podem variar de acordo com o tipo de renda que você escolher, normalmente não vale a pena quando a taxa é maior que 1%. Isso parece pouco né? Mas 1% em cima do valor investido, acaba se tornando muito na maioria das vezes.

Come-cotas: Isso é um tipo de tributação, ou seja, a cada 6 meses que o dinheiro está investido, ela incide sobre ele. Desta forma, o imposto acaba sendo reduzido, que talvez possa não parecer reduzir muito, mas isso pode influenciar no seu produto final.