Categorias
Bolsa de Valores

Bolsa de valores: O que é Slippage e como evitar

Entenda com detalhes o Slippage, assim evita erros que possam comprometer seus ganhos.

O slippage é quando tem um pedido e ele é preenchido a um valor diferente do preço solicitado, ou seja, você comprou uma ação por um determinado valor x e por algum momento ou algum fato aquela ação subiu ou desceu. Você sabe o que é STOP e para que ele serve? Não? Iremos abordar um pouco sobre ele para você entender de uma vez por todas como funciona esse deslizamento (slippage) na bolsa.

Veja nossa matéria Bolsa de Valores: Você sabe o que é o STOP?

Toda forma de investimento tem os seus riscos e programas ou serviços que possam diminuir os mesmo, desde que você saiba usar. Stop é um tipo de programação que você configura para que, automaticamente, ele faça a compra ou venda de uma ação quando bater determinado ponto, porem ele não é um seguro de quando as coisas saírem do controle.

Independentemente do modo que você deseja escolher para investir, é sempre necessário averiguar todas as oscilações das taxas das negociações, porque as vezes um programa não é o suficiente para você estar isento de pagar aquela taxa que aumentou ou diminuiu, isso serve para compra e venda.

Como funciona o slippage?

Como dito acima, o slippage é tipo de um escorregamento que acontece nas ações. Vamos supor que você comprou uma ação por R$ 10,20 e acionou o seu STOP para que quando a taxa da ação baixasse para 10, você pudesse vende-la a R$ 9,99. Quando o seu STOP funciona, é uma maravilha, bateu 10 e você consegue vender ao preço que queria ou até mesmo um pouco mais pois ainda tem bastante gente comprando. Agora vamos pensar que surgiu uma notícia inesperada e o mercado em vez de bater a 10 a ação, foi baixando até chegar em 9, nesse caso, foi muito rápido a queda das taxas e o seu prejuízo será bem maior do que você esperava.

Entenda como organizar seus investimentos evitando erros e entendendo as ferramentas (Foto: reprodução)
Entenda como organizar seus investimentos evitando erros e entendendo as ferramentas (Foto: reprodução)

O que queremos dizer com isso? O Stop é um programa de acionamento mas não de garantia de segurança, porque as ações se movem rapidamente e quando alguma notícia sai, ela pode ter um aumento ou uma queda drástica, então você sempre precisará prestar atenção porque nesse caso, o Stop não irá segurar pelo valor que você deixou configurado. Deu para entender?

O slippage nada mais é do que essa queda, ou seja, ação bateu a 10, mas por causa de alguma notícia que interferiu no mercado financeiro, ela teve uma queda/escorregamento no valor.

Novatos Da BMF (B3, Bovespa)

Muita coisa que está acontecendo com os novatos principalmente na BM&F é que, eles estão operando de forma errada, contando com a sorte da sua margem (valor inicial para trazer alguma garantia) e da configuração do seu sistema de STOP. Você deve saber configurar o seu STOP e não deixa-lo agindo sozinho, pois as ações se movimentam rapidamente, e além disso, você pode ter alguém querendo comprar ou vender tudo o que sai, impedindo a venda de suas ações.

Na BM&F funciona da seguinte forma: Você tem um índice e ele vale 109.000 pontos (um contrato cheio), ou seja, cada ponto dele equivale a R$ 1 real, totalizando= R$ 109 mil. Normalmente as pessoas colocam um valor a mais dessa margem para não correr tanto risco, porém outras pessoas preferem trabalhar no limite dela, o que pode ocasionar grandes perdas.

Portanto muitas pessoas que estão entrando agora trabalham dentro dessa margem, ocasionando em prejuízos futuros. Se você está começando agora, vale a pena pesquisar sobre a área que quer investir e ficar sempre ligado em relação a essas quedas e ascensões de pontos e ações.

Índice

Vamos falar um pouco sobre o Índice Bovespa, que também tem seu reconhecimento pelo nome de Ibovespa, e ele é uma das coisas mais importantes para a Bolsa, não temos como falar de bolsa de valores e não falar de índices. Ele serve para indicar o desempenho de negociações das ações no mercado financeiro, ou seja, ele tem a percepção dos movimentos de todas as ações. Ele é composto por pontos, como dito acima, cada um é igual a R$ 1 real.

Voltando ao exemplo: Suponhamos que você tenha comprado o índice cheio (de 109.000 pontos) e ele acabou indo a 0, significa que você perdeu R$ 109 mil reais. Você pode trabalhar de modo alavancado, porém não é muito instável e pode trazer grandes dores de cabeça. Caso o índice caia em 8.000 pontos, você perderá apenas R$ 8 mil, pode ser ruim, mas pelo menos você não terá tanto prejuízo do que se estivesse alavancando.

Como citamos anteriormente, muitas pessoas querem trabalhar com esse índice no limite, ou seja, quer ter o direito de um contrato que vale R$ 109 mil por 300 reais (lembrando que para adquirir um índice cheio, você precisará ter comprado pelo menos 5 mini contratos). Nesse caso, a ideia do STOP é estar configurado para quando ocorrer algum slippage você não perder o dinheiro, porém essa configuração deveria ser de R$ 108.700 (tira os 300 que você operou para ter o contrato).

Mas, nem tudo é o que parece, caso saia alguma notícia ou qualquer outra coisa que faça acontecer esse slippage, o índice pode cair e seu sistema não stopar, e se essa queda for de 2%, você perde mais de R$ 2 mil reais, ou seja, no final das contas, não terá perdido somente R$ 300 reais, mas muito mais do que isso, te deixando até negativo.

Como evitar o Slippage

Quando você configurar o Stop, é recomendado que coloque o Start em um determinado lugar mas a venda você deixa bem abaixo para evitar que o slippage te dê prejuízo. Vamos aos exemplos: Lembra do primeiro exemplo que demos lá em cima? Iremos seguir por ele.

Você pode colocar o Start do seu STOP a 10 com a intenção de vender por 9,99, porém, é recomendado que você coloque a venda em valor baixo, aproximadamente por uns 9,40. Nesse caso, se ocorrer um fat finger, quando bate a 10 ele volta para o valor inicial, mas se acontecer um slippage e cair para 9,70, você não terá uma perda significativa, pois configurou seu sistema abaixo disso e com isso, você pode vende-lo por 9,70. É melhor que você venda nesse valor do que ficar esperando aparecer alguém para comprar por valor maior e acabar saindo no prejuízo.

Agora que você sabe o que é um slippage e como você pode configurar o seu STOP, fica mais fácil e seguro operar nesses sentidos das ações, basta configurá-los no sistema que você utiliza para as negociações.