Categorias
Investimentos

7 dicas para te ajudar a investir e ganhar até R$ 3 mil todo mês

Educação financeira é importante mesmo, ainda mais quando o seu dinheiro pode render pra você.

Aprender sobre investimentos hoje em dia é algo que todos deveriam ter vontade, pois na maioria das vezes, eles acabam te salvando se você souber como manipular a coisa toda. Portanto, tenha um bom conhecimento sobre mercado financeiro e desfrute de tudo que possa ganhar.

Existem muitos investimentos por aí que estão em alta, e que você pode adquirir bons negócios com poucos dinheiros. Para que isso aconteça, é preciso que você determine o seu perfil de investidora e investidor, para então começar a pôr a mão na massa.

Não sabe por onde começar? Aqui iremos trazer alguns passos para que seja mais simples de você entender como tudo isso funciona, e como eles irão te ajudar daqui pra frente, basta segui-los.

1º Passo: Entender o que NÃO é independência financeira.

Independência financeira não é sair das casas dos pais e assumir as próprias contas, até porque se você precisa do seu salário para pagá-las ou depende do marido ou esposa, essa patamar já não pode ser considerado algo independente.

O ideal é fazer o seu dinheiro trabalhar para você, e não o contrário. Você já pensou que depende do seu salário? Caso você seja demitida ou demitido, acabou todo aquele ganho mensal, e no final você acaba ficando sem nada ou até arruma outro emprego para depender do valor que é pago a você, novamente.

2º Passo: Tenha em mente quanto custa a sua independência financeira.

Existem alguns simuladores sobre o cálculo da sua independência financeira, um deles é do Me poupe, onde você consegue acessar e saber exatamente quanto precisa para viver sem precisar trabalhar.

Aproximadamente, são contados que para você viver recebendo R$ 3 mil reais por mês, é necessário que você tenha pelo menos R$ 1 milhão investido, porém alguns valores podem ser mudados de acordo com os objetivos e variação financeira de cada um.

3º Passo: Faça uma selfie financeira.

Fazer uma selfie financeira, é tirar uma “foto” real sobre o seu dinheiro, sem mais nem menos, mas o ponto de valor verdadeiro. E como eu faço isso? Pegue seus 3 últimos extratos e observe, quanto você ganhou nesses últimos três meses, e exatamente onde você gastou esse dinheiro recebido.

Você deve levar em consideração todo e qualquer gasto, como remédios, alimentação, lazer, essenciais, contas fixas, entre outras coisas. Portanto, anote tudo, mesmo que você tenha gasto só 1 real.

4º Passo: Planeje suas recompensas para você não perder o ânimo.

Muitas pessoas começam com esse plano de longo prazo, super animadas para juntar dinheiro e mudar de vida, porém acaba passando três meses, e essa euforia toda já foi embora, ou ela acaba perdendo o foco e nem sabendo mais o porquê está fazendo aquilo.

Portanto, trace recompensas ao longo do caminho para que isso não te desanime. Estabeleça a sua meta, como R$ 1 mil, R$ 5 mil, R$ 10 mil e assim por diante. Criar objetivo de curtos prazos para atingi-los lá a frente, é uma estratégia ideal para te manter focado.

5º Passo: Não se compare com os outros, se meça pela sua própria régua.

Diversas opiniões estarão ao seu redor, mas nada é melhor do que você mesmo reconhecer os seus objetivos e focos e traçar o seu próprio caminho. Ou seja, quando você for comparar a sua independência financeira, tenha como um parâmetro você mesmo há 3 meses atrás e agora, e veja o quanto de diferença surtiu e o que você precisa fazer para melhorar.

Ninguém melhor do que você para saber o que deve ser feito para atingir o patamar tão almejado, até porque os objetivos são seus, o caminho é seu e o dinheiro também. Jamais se compare com o coleguinha, pois isso é muito relativo.

6º Passo: Crie um plano para investir melhor.

Trace um plano na sua vida, então tenha um objetivo de curto, médio e longo prazo, e principalmente, saiba onde você quer chegar. É aquele velho ditado, “quem não sabe o que quer, qualquer coisa serve”. NÃO! Não se conforte com o pouco, queira buscar mais e ter convicção do seu sonho.

Se pergunte, “qual é o meu sonho?”, “o que eu desejo muito realizar nesses três períodos?” Para tudo, tem que ter um caminho de como você vai fazer tudo aquilo. Até porque quando você tem uma direção certa a seguir, a sua foça de vontade perdura mais.

7º Passo: Aprenda a investir!

Os investimendos hoje em dia estão salvando muitas pessoas que conhecem e sabem como fazer a coisa toda funcionar, portanto, aprenda a investir, existem vários tipos de negociações para te direcionar, vários tipos de perfis, ou seja, é um leque de mercado financeiro que você terá na palma da sua mão.

Não tenha medo de investir, comece, nem que seja apenas com R$ 50 reais, decida qual é o seu perfil e aprenda a mexer no sistema, nas suas compras e vendas. Organização é tudo, e ela vai te ajudar muito nessa parte.

Aprenda e saia da mesmice, e do salário igual todo mês. Depois que você adquire conhecimento, irá enxergar novas possibilidades, e cada vez será mais experiente sobre tudo do mercado financeiro.

Com informações do Canal Me Poupe