Categorias
Investimentos

4 Passos para perder o medo de investir

Entenda como você ode fazer seu dinheiro trabalhar melhor pra ganhar dinheiro na bolsa de valores.

Você tem vontade de investir mas também tem medo? Se sim, vamos conversar um pouco aqui sobre como perder esse receio de investimentos, pois é uma área com muitos caminhos e diversas categorias desde uma investidora ou investidor conservador (a), arrojado e médio.

Todo mundo que começou com investimentos alguma vez já teve medo do mesmo, e quando se trata de “perder” dinheiro soa ainda mais assustador! Não tenha receio, mas também seja pé no chão! Não iremos mentir aqui e dizer que na bolsa de valores por exemplo você está isento de perder uma grana, porque você perde sim, mas a ideia é ganhar muito mais do que perder, e para isso, o conhecimento vai te direcionar muito.

O importante dessa história toda é conhecer onde você está pisando, porque quando você sabe o método de funcionamento de alguma coisa, a chance de você se sentir insegura ou inseguro é muito menor, então quando mais você sabe, menos chance de erros acontecerem e mais segurança você terá em relação a suas atitudes. Vamos conferir alguns passos para você mandar esse medo lá pra longe!

Passo 1: Querer perder o medo

O medo é como se fosse um padrão de “segurança” pra você, “ah eu não quero investir porque tenho medo”, então se você não dá o start, você não perde dinheiro mas também não ganha mais do que está ganhando hoje (apenas um exemplo).

A mudança está na atitude que você toma mediante a alguma situação, é você querer sair da sua zona de conforto, só assim você vai descobrir se está ali porque quer realmente investir ou não, mas o querer fazer algo diferente (seja pra qualquer coisa da sua vida), é um passo muito essencial para seu crescimento.

Hoje em dia com a internet você consegue ter um fácil acesso a tudo, mas basta você querer. Portanto, tenha bem claro em sua mente que você deseja sim perde esse medo de investir, e faça de tudo pra que ele não te atrapalhe, pois tudo em excesso faz mal.

Passo 2: Saia da escuridão e conheça os investimentos

Você primeiro precisa conhecer o seu perfil, você é uma pessoa que não está disposta a perder dinheiro? Ou pode perder um pouquinho? Ou aquilo não irá te fazer tanta diferença então você aceita perder bem mais? Pense nisso, porque para cada categoria de investidor existem vários tipos de ações voltadas para ele.

Como falamos acima, existem inúmeros tipos de investimentos para você escolher, basta se identificar com o que é mais a sua cara e pesquisar tudo sobre ele, como se fosse um TCC, só que de uma forma bem mais simples, olha que legal!

Decisões precisam ser tomadas, e o mundo do investimento não é um bicho de sete cabeças, mas como qualquer curso, método, ele demanda conhecimento, e o melhor de tudo, você pode adquirir isso de graça, mas como? Pesquisando vídeos no youtube, assistindo a relatos de analistas e pequenos investidores, acompanhando o mercado financeiro entre outras formas. Portanto, vá atrás daquela ação, cota ou negócio que mais tem a ver com a sua cara e faça uma limpa no histórico dele, conheça o gestor, a empresa que está oferecendo e o máximo de informações que dê pra você coletar.

Passo 3: Explore o mundo dos investimentos

Para investir é preciso ter uma conta em uma corretora, onde você não paga absolutamente nada para isso (dependendo da corretora). Agora que você já tem alguns conhecimentos, entre na plataforma de investimentos e explore, você não correrá risco nenhum por isso.

“Ah mas onde que eu entro?” Em tudo, existem algumas plataformas que mostram o tipo de investimento e cada cota ou ação de um determinado perfil, sendo conservador, moderado ou arrojado. Portanto você consegue observar quais são as negociações e quais categorias elas se encaixam.

Explore o máximo de todos os investimentos, principalmente aquele que você escolheu para começar. Veja a opinião de analistas que são experientes, olhe tudo do mercado financeiro, procure entender como funciona os gráficos entre outros aspectos.

Passo 4: Pratique

Agora que você já perdeu o medo, conhece sobre algumas negociações, gestões, empresas entre outros, comece a praticar! Entenda uma coisa, de início, veja o dinheiro que você coloca ali como uma educação financeira, onde você vai aprender as oscilações das negociações, o que valerá a pena você comprar ou vender entre outros.

De fato, nem sempre você começa a ganhar muito dinheiro no começo, mas só de você estar aprendendo na prática, isso te ajudará muito mais e pode ser que no futuro você queira um perfil mais profissional, pois já estará craque de entendimento sobre investimentos.

Não tenha medo de praticar, separe uma quantia nem que seja 50 reais, todo mês que não irá te fazer falta para investir, determine um objetivo, escreva o nome do seu investimento, por exemplo: “Estou investindo porque quero fazer uma viagem para Austrália e quero x de dinheiro”. Faça isso, anote todos os seu sonhos e objetivos, com o tempo você verá que não foi tão difícil e que com determinação sua, você conseguiu realizar o que tanto almejava.